quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Sobre o necessário, somente o necessário...

Sábado eu e meus amigos fomos estrear o "Just Dance Disney" para nos sentirmos princesas e príncipes dançando. No meio de uma pingada de suor e risada, eu precisei parar. Não parei porque estava cansada, não... Parei porque a música saltou aos meus ouvidos e eu entendi o que Deus estava tentando me dizer há muito tempo.
Oi?! Sim, acredite. A Disney é capaz de criar reflexão (vide o post sobre o Rei Leão que eu escrevi no ano passado), e dessa vez foi com o Mogli.

Se você já assistiu o filme, lembra daquela dancinha do "necessário, somente o necessário, o extraordinário é demais"?! Pois bem, é isso, meu caro! Hoje eu estava andando na Barra da Tijuca e refletia o quão espetacular eram aquelas construções e o estilo de vida que vinha no pacote. Paraísos artificiais. Esse composto de palavras ficou muito claro na minha mente: paraísos artificiais. É tudo muito lindo, projeta uma qualidade de vida, cria desejos de ter... Mas é tudo oco! Sabe quando você bate numa caixa de madeira vazia e ouve aquele som oco? Falta alma, não é o essencial. O meu essencial traz plenitude à minha vida. O seu essencial traz plenitude à sua vida. E o seu essencial é o seu necessário.
É claro que o bom Deus pode desejar te surpreender com alguns mimos, que vão além e que chamamos, nesse contexto, de extraordinário. Mas o excesso não é a regra. Então pra que ter o excesso como meta? Vaidade, nada mais que vaidade...
Um trecho simples e interessantíssimo no meio dessa música é o diálogo do questionamento do Mogli e a resposta do Balu: "E o necessário pra viver você terá" "Mas quando?" "Você terá!"
É simples assim! Mas quando??? Confie, porque você terá! Quem confia na Providência de Deus não é desamparado. Confiar na Providência é confiar na Providência, sem história de "mas no caso de...". Confiar na Providência! Sem saber em que tempo virá, mas na certeza de que virá.
Que grande exercício! Esse é meu desafio hoje, e espero que você também aceite esse convite: Deixe-se ser ensinado pela Providência.
Que Deus lhe abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário